domingo, 15 de julho de 2012

Cuidados Intensivos de Enfermagem ao Paciente com Dreno de Tórax

Cuidados de enfermagem na Assistência á Drenagem Torácica
  • Lavar as mãos,reunir material e levar para beira leito
  • Dispor material sobre mesa auxiliar
  • Auxiliar o médico no posicionamento do tórax a ser drenado;elevar acima da cabeça e restringir o braço no lado a ser drenado
  • Colocar sobre campo estéril ,fio de sutura,lâmina de bisturi e cateter de drenagem.
  • Segurar anestésico para que o médico possa aspirar o conteúdo sem contaminar
  • Despejar solução anti-séptica na cuba rim
  • Ajustar foco luz
  • Atender paciente e o médico durante procedimento
  • Preencher o frasco de drenagem com SF 0,9% conforme orientação médico
  • Após introdução dreno ,auxiliar na conexão deste á extremidade distal do sistema sem contaminar
  • Após termino do procedimento,descartar material perfuro cortante em recipiente especial(descarpack) e os demais no lixo hospitalar
  • Fazer curativo no local da inserção
  • Registrar todo material utilizado,deixar paciente e a unidade em ordem
  • Identificar curativo com data,hora,nome do realizador e anotar no prontuário
  • Lavar mãos
  • Ligar para o setor de raio-x para realização de raio-x de tórax. (confirmar posicionamento do dreno tóra


Cuidados Intensivos de Enfermagem

  • Lavar as mãos,secar e fazer anti-sepcia com álcool 70% ( ou seguir protocolo de cada instituição)
  • Preencher o selo d´água com 300 ml de soro fisiológico 0,9%, ou 500 ml da mesma solução.( ou seguir protocolo da sua instituição)
  • Após-instalação do dreno, a mensuração dos débitos dos drenos deverá ser feita a cada 6 hora ou intervalos menores caso haja registros de débitos superiores a 100 ml/hora.( casos de conteúdo liquido ).
  • A mensuração deverá ser feita colocando uma fita adesiva ao lado da graduação do frasco, onde o técnico de enfermagem deverá marcar com uma caneta o volume drenado marcando também a hora da conferência
  • A troca do selo d´água deverá ser feita a cada 12h.
  • Clampeiar o dreno para que não haja entrada de ar para a cavidade torácica e após a troca, lembrar sempre que o dreno deve ser desclampeado.
  • Os curativos na inserção dos drenos devem ser trocados diariamente utilizando os produtos preconizados pelo Serviço de Infecção Hospitalar de cada instituição
  • Colocar frasco de drenagem no piso,dentro de suporte,próximo ao leito do paciente,ou dependurá-lo na parte inferior do leito,evitando-se desconexões acidentais ou tombamento do frasco.
  • "Ordenhar" ou massagear a tubulação na direção do frasco coletor de drenagem,de 2 em 2horas ou conforme protocolo da instituição.
  • Nunca elevar frasco de drenagem acima do tórax sem ser clampeado.
Lavar as mãos,conforme após procedimento e sempre que houver necessidade de "ordenhar" tubulação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário